Envie uma mensagem


 Programa Pró-Guaíba


Coordenação – SEMA

O Programa Pró-Guaíba, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem como meta principal a promoção do desenvolvimento racional, a recuperação e o gerenciamento da Região Hidrográfica do Guaíba, integrada por nove bacias: Vacacaí/Vacacaí-Mirim, Pardo, Lago Guaíba, Alto-Jacuí, Baixo-Jacuí, Taquari-Antas, Caí, Sinos e Gravataí. O financiamento do BID para o Módulo I foi de US$ 132.300.000,00, enquanto a contrapartida do Governo Estadual foi de US$ 88.200.000,00.

O Módulo I era composto por 17 componentes, contendo ações de fortalecimento institucional, educação e conservação ambiental, monitoramento da qualidade/quantidade da água, ar e manejo do solo, ao lado do planejamento de médio prazo e da execução de obras de infra-estrutura em saneamento.

O Programa encerrou o Módulo I, tendo desembolsado todos os recursos do contrato. Atualmente está desenvolvendo ações com recursos do Tesouro do Estado. A Região Hidrográfica do Guaíba tem 84.763,54 Km², abrangendo mais de 250 municípios em 30% do território gaúcho, onde vivem mais de 6 milhões de habitantes, a grande maioria (83,5%), no meio urbano e 16,5%, em áreas rurais. A região é formada por nove bacias hidrográficas e responde por mais de 70% do PIB do Rio Grande do Sul. A intensa atividade econômica – industrial e agrícola – resulta numa acentuada pressão sobre os recursos naturais. Os principais problemas ambientais nas áreas urbanas, principalmente na Região Metropolitana de Porto Alegre e na Aglomeração Urbana do Nordeste, são a contaminação industrial, a disposição irregular de lixo e o lançamento de esgoto in natura nos rios e arroios. Nas áreas rurais, os problemas relacionam-se à contaminação por agrotóxicos, desmatamento e ausência de saneamento.



     

 

| voltar |

 













Desenvolvido por PROCERGS